O MERCADO IMOBILIÁRIO

Os últimos anos não foram nada fáceis para o setor da construção civil. De acordo com o IBGE, a construção civil apresentou a maior queda do PIB nacional em 2017. Mais de 1 milhão de trabalhadores foram demitidos pelas construtoras e incorporadoras (dados da FGV para citada data).

 

Recessão (alta de inflação e aumento da taxa de juros, diminuição da oferta de crédito habitacional) somada à instabilidade política (operações da Polícia Federal e adiamento das reformas estruturais necessárias: principalmente previdenciária e tributária) juntaram-se para derrubar a demanda.

 

Juntando-se estes fatores com os distratos (desistência da compra pelos adquirentes), resultou-se num número alto de imóveis disponíveis à venda.

 

No entanto, já passamos pelo pior segundo o SECOVI/SP: a perda real no preço sofreu uma inflexão e o estoque de imóveis disponíveis vêm diminuindo (p. ex., na cidade de São Paulo). Inflação controlada, taxas de juros sendo gradativamente reduzidas (ainda temos a 3ª maior taxa real do mundo), regras novas da CEF para financiamento imobiliário (abrindo mais espaços para a concorrência dos Bancos privados que passaram a deter menores taxas que a CEF), FGTS projetando mais recursos para o Minha Casa | Minha Vida, distratos com tendência de queda (sendo, inclusive, regulamentado pelo Governo), aumento de confiança no setor (de acordo com a FGV), lei da terceirização e reforma trabalhista, certamente reaquecerão o mercado.

Para sair na frente é preciso se diferenciar, investir em novidades, se organizar mais e melhor.

A retomada está aí, mas deve ser ela bem lenta e gradual, ainda mais considerando este ano de 2018 de incertezas políticas que resvalarão na economia.

COMO LHE AJUDAMOS A NAVEGAR NESTE MUNDO

  • Otimização e execução da estrutura de empreendimentos imobiliários nas modalidades societária (SPEs, Acordo de Sócios, SCPs, Consórcio Imobiliário, etc.) ou contratual imobiliária (venda e compra, venda e compra com dação, permuta simples ou com torna, com ou sem retenção de terreno etc.) com a ideal formatação jurídica de qualquer empreendimento imobiliário e soluções criativas envolvendo o escritório todo com as três principais áreas de atuação (tributário, societário e imobiliário).
  • Análise tributária sob a ótica do desenvolvedor e também sob a visão dos proprietários (IRPFGK).
  • Auditoria alinhada à mais recente legislação e jurisprudência alertando-se os riscos.
  • Retificação de área e/ou unificação de imóveis, com ou sem notificação de confrontantes, com a elaboração de requerimento próprio, ajuda jurídica na confecção da planta e memorial descritivo da área até a final averbação perante o Registro de Imóveis competente.
  • Elaboração de memorial de incorporação imobiliária, minuta da convenção de condomínio e seu regulamento interno, bem como seu registro no Cartório de Imóveis competente.
  • Elaboração do contrato padrão de venda das unidades futuras em regime de incorporação.
  • Instituição e especificação de condomínio, com a averbação da construção, após a expedição do HABITE-SE e CND/INSS para a obra.
  • Elaboração de contratos de locação (residencial, comercial etc.) e discussão de suas garantias e acompanhamento de seus registros (como no caso de caução de bens imóveis).
  • Registro de Loteamento, com elaboração de memorial descritivo, associação de moradores, venda e compra padrão etc.
  • Regularização fundiária de imóveis (terrenos, construções, finalidades etc.) e seu acompanhamento perante órgãos cadastrais (Prefeitura, INCRA, SPU etc.) e registrais (Cartório de Registro de Imóveis).
  • Elaboração de outros contratos relacionados à empreendimentos imobiliários, tais como contratos da construção civil, gestão, built to suit, entre outros.
  • Elaboração, acompanhamento e registro de usucapião, inventário e divórcio extrajudicial que corre perante os notários e registradores de imóveis.

NOSSOS DIFERENCIAIS

  • Cuidamos do bolso do cliente recomendando a mais apropriada estrutura jurídica, a começar sempre para análise tributária.
  • Ajudamos os clientes a fazer um estudo de viabilidade de soluções jurídicas.
  • Falamos com os proprietários e negociamos para o cliente os contratos (aquisição, locação, construção etc.).
  • Gerimos os demais profissionais envolvidos no empreendimento, tais como despachantes, engenheiros, entre outros.
  • Não nos furtamos de dar uma opinião concreta ao cliente sobre a segurança (ou não) da operação.
  • Vamos até o final com o cliente: só entregamos o trabalho registrado! Ou entregamos a matrícula com os registros da aquisição, incorporação e instituição de condomínio, loteamento, locação, garantias da locação, etc., ou não finalizamos os nossos trabalhos.

ÁREAS DE ATUAÇÃO